Catálogos e Revistas Empresariais

logos_04

 

Não, não estamos falando de listas telefônicas. Estamos falando de publicações criadas para servirem de ‘bússola’ aos seus clientes. Ainda não entendeu? Então vamos explicar.

Digamos que você tenha uma loja de peças decorativas, com diversos produtos expostos na vitrine. Cá entre nós, muitos clientes entram ‘apenas para dar uma olhadinha’, não é mesmo? Ás vezes, ele até gosta de uma peça e a leva na hora. Mas, a Dona Luiza gosta mesmo é de pensar e pesquisar bem antes de comprar. Ela vai para casa refletir sobre o belo abajur que viu na sua loja. Contudo, a vida dela é bem corrida e ela simplesmente se esquece do abajur ma-ra-vi-lho-so. Ou seja, adeus à venda, adeus à Dona Luiza e adeus a uma nova cliente.

Porém, se a sua loja tivesse um catálogo, a história seria diferente. Vamos recontá-la!

A Dona Luiza visitou a sua loja, mas não levou o abajur ma-ra-vi-lho-so na hora, por que ela gosta mesmo é de pensar e pesquisar antes de comprar. Mas, como a sua empresa é antenada e sabe como se comunicar com os consumidores, ao sair da sua loja, a Dona Luiza recebeu um catálogo com imagens exuberantes dos seus principais produtos, descrições detalhadas e valores atrativos. Ao chegar em casa, a Dona Luiza abriu o catálogo e encontrou o abajur que tanto gostou. Após ler sobre as suas funcionalidades, analisar o preço e perceber que realmente se apaixonou pela peça, Dona Luiza voltou à sua loja e comprou o abajur. Você conquistou uma nova venda e ganhou uma nova cliente.

Acredite, após esse primeiro contato, os catálogos da sua loja vão marcar presença periodicamente na vida da Dona Luiza. Afinal, você, como um bom empreendedor, fez o cadastro da sua mais nova cliente e adquiriu o telefone, e-mail e endereço dela. Então, basta enviar seus catálogos sempre que as novidades chegarem em sua loja.

Ah, além de impresso, o catálogo também pode ser digital. Afinal, estamos na era da modernidade e da ecologia, não é mesmo?

Revistas Empresariais

O João tem uma empresa no ramo alimentício que vai muito bem e cresceu bastante nos últimos anos. Acontece que são muitos funcionários e está cada vez mais difícil se comunicar com eles. Deixar que a ‘rádio peão’ tenha voz ativa na empresa não é uma boa opção. Então, do que o João precisa? Não, não é de um alto-falante. Pelo menos, não de forma literal. Ele precisa de uma revista! Assim, ele conseguirá se comunicar de forma efetiva com seus funcionários e colaboradores, informando o que é realmente verídico e mostrando quais as novidades da empresa.

Já o José é diretor de uma escola particular e precisa manter os pais de seus alunos sempre bem informados. Ele pensou em como poderia mostrar o cotidiano das aulas, as atividades educacionais, os eventos, as inovações estruturais da escola e a competência de seus funcionários e resolveu investir na produção de uma revista. Ela é enviada mensalmente à casa dos pais dos alunos e, hoje, eles estão plenamente satisfeitos, conseguindo acompanhar tudo o que acontece na escola e como o pagamento da mensalidade está sendo investido. Afinal, o que é mais importante do que o contentamento dos clientes? Pense nisso!

Seja impressa ou digital, reflita sobre as diversas vantagens que as revistas empresariais podem trazer para a sua marca.

 

Entre em contato com a Notus Comunicação!

TOP